quarta-feira, 24 de maio de 2017

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Noutro lugar




quinta-feira, 2 de março de 2017

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Isto é muito importante



Mas, como tudo o que é muito importante, passa-nos ao lado até que se torne dramaticamente incontornável.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

À janela


terça-feira, 17 de janeiro de 2017

A florir


 Kalanchoe daigremontiana

domingo, 15 de janeiro de 2017

Das doces compreensões silenciosas



Não gosto de lágrimas, de fados nem de guitarras, gosto das belas coisas claras e simples, das grandes ternuras perfeitas, das doces compreensões silenciosas, gosto de tudo, enfim, onde encontro um pouco de Beleza e de Verdade.

Florbela Espanca . em "Correspondência (1930)"